quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Coisas, coisas e mais coisas...

Recuperado 
Só pra constar, Deputado Luiz Calixto, já se recuperou do susto com o episódio do assalto do qual foi vítima sexta-feira passada, já está em plena campanha novamente. 

Folha aumentou 
Senador Tião Viana declara em seu programa político o que a gente sempre soube e denunciou, ”os altos salários" pagos pela Frente Popular do Acre à um monte de aspones que assessoram o governo, há anos a folha de pagamento era de 16 milhões, agora é de 100 milhões de reais, este aumento deve-se ao elevado número de cargos comissionados e apaniguados do PT e Cia, mas, eles querem fazer crer que é devido só ao aumento do salário dos funcionários. 

Comunista capitalista 
A mega empresária Íris Tavares, a maior e a mais importante empresária do ramo de vestuário de luxo do Acre, que tem entre seus clientes "a nata, da nata, da nata da sociedade acreana", políticos, ricaços e endinheirados, é candidata pelo PCdoB. Um candidato do PCdoB, Partido Comunista do Brasil, que pertence a elite da elite do nosso Estado? Alguém precisa explicar a ela o que é comunismo. Ela não tem culpa, está apenas seguindo a tendência dos "camaradas" acreanos. 

Pagando mico! 
Estamos pagando mico nas propagandas eleitorais da oposição. O marquee com o que o candidato está dizendo está ilegível e com palavras escritas erradas, com nomes próprios iniciados com letras minúsculas entre outros erros grosseiros. O dinheiro que rola é alto, acho que a coordenação de campanha deve exigir uma melhor prestação do serviço, sob pena de servirmos de chacota para nossos adversários. 

Moralizar 
Tem candidato da Frente Popular que quer "moralizar as ações governamentais". Quer dizer que o Acre precisa melhorar? Pensei, vendo as propagandas da Frente que tínhamos por aqui um paraíso. Será que alguém dentro da Frente Popular está "abrindo os olhos?" 

Cobras criadas 
Quatro cobras criadas da política estão com suas propagandas "um primor". Jorge Viana, Márcio Bittar, Flaviano Melo e Sérgio Petecão, o restante tem ainda muito que aprender e Bocalom precisa exigir mais de sua produtora. 

Plaquinhas na calçada 
Parece que a moda pegou, plaquinhas dos candidatos nas calçadas, a princípio disseram que era irregular, mas, como quem inventou é do PT a irregularidade foi ignorada, imagino se todos os candidatos tivessem dinheiro pra mandar fazer, a vida do transeunte viraria um verdadeiro inferno. Calçada e canteiro de avenida é bem público, não pode receber propaganda eleitoral, como postes e prédios públicos. Atenção TRE/AC tem que tirar, seja da situação ou da oposição. 

Costas largas!?
Os candidatos tem o direito previsto em Lei, de usar carros de som e de fazer comícios em via pública, desde que devidamente comunicado ao orgão competente. Acontece que de vez em quando aparecem alguns engraçadinhos que querem acabar com os comícios à bala, como aconteceu outro dia, o homem tremia de raiva e ameaçava sacar a arma que trazia na cintura. Claro que o desavisado fazia isso porque têm as costas largas, ou acha que tem, é ex-segurança de Jorge Viana. 

Carros de som 
Por falar em carros de som, uma advertência: “trabalhar com carro de som não é abrir a tampa do porta malas e andar pela cidade fazendo barulho”, como se vê pra todo lado, isso é proibido pelo Detran, dá multa e perda de pontos na carteira. Carro de som para propaganda, tem que ter “caixa externa em cima do veículo”. Só uma dica aos motoristas que fazem isso, seu carro vai ficar uma imundície por causa da poeira que entra. 

Acre turístico 
Propaganda política da Frente Popular só mostra o Acre turístico, aquele que existe apenas nos comerciais institucionais, a oposição precisa começar a mostrar o Acre real, aquele das periferias de nossa cidade e do descaso governamental com a saúde, educação e segurança pública. 

Fácil morrer 
Se as coisas continuarem do jeito que estão, com a violência crescendo como fogo em campo de trigo maduro, a única solução será a intervenção da Força Tarefa Nacional, já que os orgão de segurança por aqui, não dão jeito. No Acre atualmente é difícil viver, fácil é morrer. 

Todo mundo quer ganhar! 
Engraçado em época de eleição é que cada candidato que você conversa está convicto de que pode vencer, tem alguns que não tem senso crítico e nem ligam o simancol. 

Um comentário:

  1. Treesha, A-Louka-Ferve26 de agosto de 2010 09:46

    Alôuuuuu! Tem algo aí dentro desse cérebro, Íris querida!? Pobrinho só vota em pobrinho. Vai votar em riquinhas como vc prá quê? Vc é fashion, baby, prá quê agora se meter com os ladrões de terno. Te admiro enquanto mega-super-hiper-empresária das multimarcas de confecções que só enriquecem o Sudeste, mas assim vc me decepciona!!! Vá por mim, darling, moda é melhor!!!

    ResponderExcluir