sexta-feira, 19 de agosto de 2016

ACREUCHO ENTREVISTA O JORNALISTA EVANDRO CORDEIRO

Você conhece o seu candidato?
Já perguntou a ele porque quer ser vereador?
Sabe se ele tem conhecimento sobre as atribuições do vereador perante a comunidade?

Abaixo, uma entrevista com o candidato a vereador Evandro Cordeiro, jornalista, com mais de 20 anos de redação nos mais diversos jornais e sites de nossa capital.


Acreucho Nascimento: Evandro Cordeiro então depois de mais de 20 anos de jornalismo você resolveu entrar para a política, começando "do inicio". O que o levou a essa decisão?

Evandro Cordeiro: Não preciso avaliar a atual legislatura.  As pessoas sabem que a Câmara de Vereadores da capital não vai bem. Alguns vereadores se preocupam mais em agradar o prefeito,  não o povo. Isso gera indignação. Entao pensei: vou tentar chegar lá.  Ja provei que não me vendo. Em 20 anos escrevendo política nunca vendi minha capacidade de indignação. por isso quero ser vereador. Não quero "ajudar prefeito", quero fiscalizar o prefeito.
Acreucho Nascimento:
Claro que para concorrer a uma vaga na Câmara Municipal, todo candidato tem que ter conhecimento das atribuições do vereador. depois de eleito, como agirá o vereador Evandro Cordeiro no trato dos interesses dos munícipes?

Evandro Cordeiro: Vou ser um fiscal chato, renitente, incisivo do prefeito eleito, seja de que partido for. Não pense o prefeito que vai fazer asfalto tapioca e vou dizer amém. Vereador tem que ser defensor dos interesses do povo. Já pensou vereador votar em favor do aumento da passagem de ônibus?

Acreucho Nascimento: Obviamente você já tem planos para a vereança. Coloque para o público pelo menos um desses planos, um projeto, uma proposição.
 
Evandro Cordeiro: Vou propor, por exemplo, que as obras sejam fiscalizadas diariamente pela comunidade e que haja alguém na prefeitura para ouvir as reclamações. Tipo: a empresa que vai fazer o asfaltamento terá de mostrar a comissão de moradores daquela rua a espessura do asfalto.  O povo vai fiscalizar as obras para ver se diminuiu a quantidade de serviço porco. Uma coisa que pretendo cobrar do prefeito eleito é sobre iluminação pública, que é bem deficiente em muitas áreas de nossa cidade.

Acreucho Nascimento: Como você pretende que seja o seu relacionamento com o eleitor e com a comunidade?

Evandro Cordeiro:
Hoje sou um cara de muita intimidade com as pessoas. Adoro andar pela cidade de Rio Branco. Como vereador vou andar mais ainda. Tenho um projeto de toda semana conhecer um campo de pelada diferente.  Ir lá, levar uma bola e bater uma pelada com os caras.  Adoro fazer isso. Receber o cidadão para ouvir suas reclamações sobre sua comunidade e avaliar possíveis soluções, para gestão junto à prefeitura.

Acreucho Nascimento: Você pretende abandonar o jornalismo se eleito vereador?

Evandro Cordeiro: De maneira nenhuma o jornalismo, apesar da baixa remuneração,  proporcionou a mim um feito magnífico: criar minhas filhas, as três estão praticamente formadas, sem contar que foi o jornalismo a catapulta para a minha projeção popular.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

PREFEITO "MEIA BOCA"

Sem coragem para enfrentar uma campanha eleitoral falando em nome do PT, como fez até pouco tempo, quando esbravejava no comício da Frente Popular contra o impeachment de Dilma Rousseff, a quem defendeu com unhas e dentes, o atual prefeito de Rio Branco Marcus Alexandre Viana (PT), resolve abolir o vermelho de sua campanha, está concorrendo com um alaranjado (pegou mal isso).

Ele faz de tudo para tentar se distanciar do Partido dos Trabalhadores, de Jorge Viana e de Sebastião Viana, Lula e Dilma que sempre foram seus gurus e mentores, que o trouxeram para o Acre e o elegeram prefeito da capital. Está cuspindo no prato que comeu, só não muda de partido por medo.

Não adianta nada, todos sabemos que ele é "vermelho" e apoia todas as ações dos "vermelhos" Tião, Jorge, Lula e Dilma.

Responsável pelo projeto e execução da "obra" da BR364 de Rio Branco à Cruzeiro do Sul, como engenheiro deveria se envergonhar da obra que foi responsável, as obras dentro da capital acreana não são muito diferentes das da BR, tudo "meia boca", bem ao estilo "petista de governar".A cidade está cheia de obras inacabadas, ruas com "asfalto frio" e sem sarjeta, ruas sem estrutura de drenagem e esgoto, iluminação pública deficiente, sinalização viária deixando muito à desejar, bairros com "ruas" que simplesmente não existem, pontos de ônibus ridículos, falta de medicamentos nos postos de saúde, equipamentos dos postos de saúde deficitários ou obsoletos que dificultam o atendimento. 

Você vai votar no prefeito "meia boca" novamente? Boa sorte!

terça-feira, 16 de agosto de 2016

200 MIL EM COMES E BEBES...





...em Nota Oficial, os gastos podem ou não chegar ao valor da contratação, a depender da demanda do gabinete. A pasta dá como exemplo os episódios em que a vice assume no lugar do governador Sebastião Viana.
Fonte: AC24horas





Vamos ver se dá pra entender...


O gabinete da vice governadora contrata um serviço que "nem sabe se vai usar"?

Quer dizer que quando há uma "passagem de governo" há festa na Casa Rosada?

Quando falo que os políticos veem o mundo com outros olhos, algumas pessoas me criticam. Eles porém, não enxergam as coisas como nós "simples mortais". O que são 200 mil reais quando se paga "com dinheiro dos outros"? Enquanto isso, as pessoas que alugaram quartos e apartamentos pelo aluguel social, passam todos os tipos de vexame, sendo despejadas dos locais, por falta de pagamento. Enquanto isso, falta medicamentos nos postos de saúde.

Enquanto o governo faz festa com o dinheiro alheio, as ruas continuam esburacadas, o esgoto à céu aberto, as filas na saúde para fazer algum exame, as máquinas quebradas nos hospitais, os pacientes fazendo hemodiálise com equipos reutilizados.

Isso tem que acabar e, você sabe muito bem como pode fazer isso...