domingo, 12 de junho de 2011

Fora Daniel "cotoco" Zen!

O Secretário Daniel "cotoco" Zen, foi longe demais, muito longe! Agora ele comprou briga feia com gente "que pode mais do que ele". Não são só os deputados evangélicos que estão contra esse negócio de "kit gay", é a população e os demais deputados também. Não importa se o filme em questão não tem nada a ver com o "kit gay". O governador deverá tomar logo uma posição, sob pena de colocar-se mal para a opinião pública, o que seria desastroso para um governo que "não vai lá essas coisas". Colocar-se mal com a comunidade evangélica então, seria a derrocada final para o PT no Acre. Tião Viana será obrigado a chutar o Daniel Zen, por mais que ele "saiba" dentro da Frente Popular, se não o fizer é Tião Viana quem será chutado pelos eleitores. O comportamento deste garoto é absurdamente irresponsável, ao chamar os deputados de nazistas, ku klux klan e al quaeda, além de ser um desinformado, pois, nenhuma dessas organizações luta contra homosexuais.

Ninguém em sã consciência quer que seus filhos aprendam na escola coisas sobre homosexualismo, a não ser o próprio Zen. Pais normais querem que seus filhos sejam homens ou mulheres, pais amorosos, "aceitam" quando seus filhos enveredam por outros caminhos, agora, daí a aceitar que seus filhos sejam influenciados por propaganda de organizações LGTB é outra coisa. Não tem que haver nenhum tipo de "esclarecimento", nem de influência para que os adolescentes "escolham" a sua sexualidade. Já chega o aliciamento de nossos adolescentes pelos traficantes, pelos aliciadores de menores para prostituição e outras coisas. Há um lobby muito grande em torno do assunto. Os LGTB estão fazendo uma pressão muito grande para a liberação geral de seus usos e costumes dentro da sociedade, estão na realidade querendo "se impor", criando situações que os beneficiem. Eles podem ser o que quiserem, desde que não queiram obrigar outras pessoas a ser também.

Não quero que nenhum dos meus 10 netos seja influenciado a "escolher" a sua sexualidade, se eu souber que isto está acontecendo dentro do âmbito escolar, mesmo que esteja no currículo, tomo as providências judiciais cabíveis e acho que é o que todo pai deveria fazer.

Este senhor Daniel "cotoco" Zen é um irresponsável!

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. O Daniel Zen é muito desinformado pra ocupar o cargo que ocupa. ele não sabe nada de nazismo, Ku Klux Klan ou Al quaeda pra querer comparar com homofobia. É um playboy sem compromisso com a educação do nosso Estado. Não sei o que o qualificou para o cargo que ocupa, pois na fundação cultural foi um zero a esquerda. São coisas da fente impopular.

    ResponderExcluir