sexta-feira, 22 de abril de 2011

Liderança petista!

O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Teixeira (SP), acha que a política de "cerco" das autoridades às drogas é "perversa" e chegou a defender a liberação do plantio de maconha e a criação de cooperativas formadas por usuários. Ele lidera na Câmara dos Deptados o partido da presidenta Dilma, que em sua campanha prometeu combater "sem tréguas" ao crime organizado e as drogas. Em janeiro, demitiu Pedro Abramovay para a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas depois que ele sugeriu numa entrevista a adoção de penas alternativas para “pequenos traficantes”. O líder do PT também acha que a prisão de pequenos traficantes contribui para engrossar as fileiras das organizações criminosas. "São mães de família que sozinhas têm que criar os filhos e passam a vender", disse. Ele falou sobre o assunto num debate promovido pelos grupos "Matilha Cultural" e "Desentorpecendo a Razão" em 24 de fevereiro. Um vídeo da exposição está no site Hempadão (união das palavras "hemp", maconha em inglês, e "empadão"), onde o deputado é personagem frequente. Do Claudio Humberto.

Acreucho: Dize-me com quem andas e te direi "quem és"!

5 comentários:

  1. Petista Maconheiro24 de abril de 2011 13:27

    Nada justifica a liberação da maconha, nem mães sem sustento nem menores usados pelo tráfico... nada justifica substituir um mal por um mal ainda maior! Os petralhas deviam mesmo era arrumar a casa para receber os gringos em 2014, se não tem aeoroporto decente pra brasileiro vai ter pra quem vem do estrangeiro?! E transporte público? Uma vergonha!!!

    ResponderExcluir
  2. Glorinha da Abolição24 de abril de 2011 17:22

    Eles defendem que maconha seja descriminalizadap/poder traficar à vontade sem ser surpreendido pelos policiais que boa parte tb são traficantes no sentido de levarem uma graninha pra livrar o bagulho... Oh meu Deus, corrupção mata mais que a fome neste país!!! P*** que pariu, olha a cara desse de'puta'dinho doido pra puxar baseado dentro do Congresso, ô gentlaha sem-vergonha!!!

    ResponderExcluir
  3. Pastor Tertuliano24 de abril de 2011 17:29

    ÓIA EU DIGO E PROFETYZZO SE ESSES MACUNHÊRO SAFADU QUISÉ SE MATÁ QUE SE MATY FUMANDO TODA DROGA DELES PRUQUÊ O POVO DE DEUS NUM QUÉ SABÊ DESSAS COUSAS MALDITAS, NAUM,É MUITA MARMOTA DE SATANÁS ESSES ENCOSTO DE NÓIA, NÓIS É BURRO MAS NAUM É ABESTADUS!!! SÓ HJ LIBERTEMO CINCO ALMA QUE SUFRIA COM OS ENCÓSTOS DE DROGA E SETE COM EXÚS ÁLCOOLICOS, O PREÇO DISSO TUDO? SÓ R$ 320 E DEPOIS SE O ENCOSTO VOLTAR EM ATÉ CINCO DIAS NÓIS TIRA ELE DE NOVO, AFINAL PAGAR PRA TIRAR ENCOSTO TÁ NA BÍBLIA NÓIS NUM FAZ NADA ERRADU, AFINAL SOMOS OS UNGIDO SÓ NÓIS TÂMO DESTINADO AO SUCESSO FINANCÊRO, VEM TODOS PRA IGREJA, BÓRA ORAR P/O PASTOR LOGO LOGO TERMINAR A REFORMA NA MANSÃO DE SETE QUARTOS, E AINDA TEM QUE PAGÁ OS CARRUS E TERNOS IMPORTADOS, NÉAN?! ALELUIA, GLÓRIA NO MEU BOLSO!!!

    ResponderExcluir
  4. Nessa notícia não fala, que o modelo que Paulo Teixeira propós é o mesmo adotado pela Espanha. Maconha é uma planta usada à milhares de anos, é menos prejudicial que o álcool, sua proíbição se deve por puro preconceito.
    Tivemos um presidente alcólotra, não entendo vocês se assustarem com a posição de Paulo Teixeira.
    Link com informações científias sobre a cannabis:
    http://super.abril.com.br/maconha/

    ResponderExcluir
  5. "Legalizar" é diferente de "liberar"

    ResponderExcluir