quarta-feira, 9 de junho de 2010

Que coisa idiota!

Existem coisas tão idiotas no mundo!

Acho que quase todo mundo assistiu à este vídeo, hoje cedo no SBT Brasil. A reportagem fala que os brasileiros gastaram a bagatela de mais de 800 milhões de reais com a compra de acessórios, comida e outras bobagens para seus cães.

Num país como o nosso, isso deveria ser considerado um absurdo e, até crime, enquanto milhões de crianças não têm o que comer, fazem apenas uma refeição por dia (em geral na escola), andam maltrapilhas pelas ruas e com os pés descalços, são aliciadas pelo mundo da prostituição e das drogas por falta de assistência social, idiotas como a mulher da reportagem gasta seu dinheiro dando "vida de gente" para um cachorro.

Ora minha senhora, vá arrumar um marido e uma criança pra cuidar! Essa dona e milhares de outras devem ser a nova "crasse média" que o Lula criou por decreto.

Os interessados em que as pessoas continuem gastando fortunas com este tipo de coisa, dizem que os animais "suprem as carências" das pessoas. Não tenho dúvidas de que uma criança supre muito mais a carência de qualquer pessoa do que um cachorro, mas, crianças dão trabalho, inspiram cuidados, têm que ser educadas e temos que nos responsabilizar por elas. Muitas dessas carências surgiram justamente pelo egoísmo das pessoas em não querer partilhar seus sentimentos com os outros. E tem mais, um cão vive apenas entre 15 e 20 anos e depois morre. Uma criança quando chega aos vinte anos é que começa a dar problemas para os pais, é com isso que as pessoas que criam cães  ao invés de crianças, não querem se comprometer. Cachorro é cachorro, gente é gente.

Cachorro é pra morar no fundo do quintal, claro num lugar decente, comer o que sobrar da mesa de seu dono e vigiar a casa na ausência deste, não para ser tratado como gente!

Já imaginaram o quanto das mazelas sociais deste país se poderia resolver com quase 1 bilhão de reais por ano?

Um comentário:

  1. Nielsen O. M. Braga9 de junho de 2010 12:36

    É a 'crasse' média destrambelhada! Quando não paparicam cãozinho-de-madame, vão adotar criança com uma série de preconceitos: querem crianças do sexo feminino, até 1 de idade, pele clara e, se possível, olhos azuis ou verdes... Pode uma coisa dessas? Brasileiro é a mistura de raças, e tem idiotas que querem o esteréotipo anglo-americano... Coisa de quem passou bem longe dos bancos escolares, coisa de jeca sem cultura, coisa de gente que era 'Lula' mas regrediu intelectualmente para 'Mula', é o Brasil descendo a ladeira do senso crítico.

    ResponderExcluir