sexta-feira, 21 de maio de 2010

Manuel e a política!

Abri a TV, como dizem por aqui, quinta pela manhã e, lá está Manoel Lima, apenas ratificando o que eu disse à poucos dias. Explicando a greve dos professores, falando das "conquistas" conseguidas por ele e Alcilene com o governo, fazendo o seu merchandising pra campanha de "presidente do Sinteac" e, etc. e tal.

Só que eu me enganei! Manuel Lima não estava fazendo a cama, na greve, apenas  para as eleições 2010, fazendo curral para sua candidatura à deputado estadual, ele estava fazendo tudo isso, também pra ser reeleito presidente do Sinteac, cargo que terá que deixar em poucos dias para entrar na campanha eleitoral, mas, certamente vai deixar alguém de sua confiança no seu lugar, continuando a mandar "por tabela". Olha acho que Manuel Lima tem pretenções que vão além da Assembléia Legislativa do Acre, acho que ele quer ser Secretário de Educação, isso é só um "supositório", como diria Odorico Paraguassú. Quem sabe isso já está prometido? O tempo dirá!

De sindicalista à secretário do governo opressor do funcionalismo, seria tremendamente anti-ético, mas, Ulisses Guimarães já dizia "a política é dinâmica".

Um comentário:

  1. Nielsen O. M. Braga25 de maio de 2010 13:13

    Como diria Belchior que foi cantado em versos pela saudosa Elis Regina: "Hoje sei que quem me deu a idéia de uma nova consciencia e juventude (um professor)/ Tá em casa, guardado por Deus (debaixo das asas podres de um sistema político mesquinho), contando o vil metal (o money, a grana)". Eis a mensagem: o idealismo dos 18 anos apodrecido ao longo do tempo pelo favor de pertencer à hoje elite corrompida que, pasmem, já foi idealista um dia. E mais adiante, na mesma música Elis dispara:"Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo o que fizemos ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais". Essencial essa canção, mas totalmente descartável a postura de alguns 'educadores' que deseducam pelas posturas, sempre inclinadas e dizendo 'amém'.

    ResponderExcluir